Inovação e tecnologia do Grupo Hyundai chegam a Pernambuco.

Fonte: Portal PE.

Em visita nesta quinta-feira (17/11) ao governador Eduardo Campos, a diretoria do Grupo coreano Hyundai informou a fusão com a empresa pernambucana Wollk Elevadores. A proposta da Hyundai é trazer inovação e tecnologia não disponíveis no Brasil e distribui, a partir de Pernambuco, os equipamentos para todo o país. A nova linha de produção já deve ser iniciada em dezembro.

A tecnologia trazida pela Hyundai vai encurtar processos na instalação e conserto de elevadores. Atualmente, as empresas brasileiras trabalham com o prazo de dois meses, em média, para a entrega dos equipamentos devidamente instalados. O mesmo serviço é realizado em países onde a Hyundai está presente em uma semana e meia.

Considerada uma empresa de pequeno porte, com capacidade de produção de 400 elevadores/ano, a fábrica ampliará a carta de clientes com a chegada da Hyundai. Tem encomendas para montar esteira rolante no shopping Rio-Mar e dois elevadores no aeroporto de Natal. Elevadores em prédios residenciais também estão em negociação. A Wollk Elevadores fica na Avenida Norte, no bairro da Macaxeira, e é a única fábrica do setor fora do eixo Sul-Sudeste.

Para o diretor da Hyundai, Victor Park, a escolha da empresa pernambucana vai ajudar o crescimento do grupo no Brasil. ”É extremante oportuno nosso acordo porque a Wollks já tem o Know-how, conhece o mercado de elevadores. Então, unimos o útil ao agradável: eles sabem vender, como instalar e nós temos os produtos.”, explicou.

Há três meses, Pernambuco recebeu a visita de uma missão coreana, quando foram apresentadas potencialidades de investimentos. “Nós temos atualmente em construção vários hospitais, hotéis para a Copa de 2014, aeroportos e a nossa construção civil como todo está super aquecida”, exemplificou o presidente da AD Diper, Márcio Stefanni.

Informações sobre a geração de emprego e de investimentos realizados não foram divulgadas neste primeiro momento pela Huyndai. O que já mudou, porém, foi o nome da empresa pernambucana, que passa a se chamar Hyundai elevadores Wollk. Na prática, significa que a Wollks deixa de ser produtora de elevadores, para ser montadora da Hyundai.

Hoje, a Hyundai detém 0,8% do mercado nacional do segmento de elevadores. Com a fábrica de Pernambuco e mais a do Rio Grande Sul – em operação – , a empresa pretende ampliar para 20%, no período de três anos, a sua fatia. O faturamento anual do grupo é de R$ 120 bilhões.

Presidente da Wollk, Roberto Maia estava confiante na transferência de tecnologia. “A Hyndai é a produtora dos elevadores mais rápidos do mundo. No Recife, temos os maiores arranha-céus do Brasil e um parque antigo que precisa de reformas. Temos uma média de duas chamadas para consertos por mês, enquanto eles têm duas chamadas a cada três anos”, observou.

Esta entrada foi publicada em Sem categoria e marcada com a tag , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *